Este é o conselho dos viveiristas para fazer o alecrim durar em vasos. Com esta técnica sua planta sobreviverá por mais de 10 anos. Aqui está o que você precisa fazer.

O conselho para fazer o alecrim durar em panelas

Se você quer que sua planta de alecrim viva o maior tempo possível, então você precisa tentar este sistema. Com a assessoria de viveiristas o resultado é garantido: assim sua planta crescerá em vasos por mais de 10 anos.

Alecrim, propriedades e características desta planta aromática

O alecrim é uma planta aromática que cresce bem em áreas mediterrâneas, especialmente na Itália e na Espanha. Conhecido desde os tempos antigos, foi usado na medicina tradicional por causa de suas propriedades médicas que ainda continuam a ser atribuídas a ele.

Planta de alecrim

Acredita-se que os árabes usavam esta planta para eliminar pragas de suas plantações, enquanto no Renascimento, a rainha da Hungria ordenou a criação de perfumes à base de água e alecrim, para regenerar a pele. Nos hospitais franceses, no entanto, o alecrim foi queimado para combater epidemias.

Ainda hoje, o alecrim é utilizado, não só na cozinha para a realização de pratos saborosos, mas também por suas incríveis propriedades. O alecrim, por exemplo, tem efeitos:

  • Antioxidantes;
  • bacteriostática;
  • Digestivo;
  • Adstringente;
  • Expectorantes;
  • carminativos.

O alecrim cresce muito bem em vasos. Portanto, você também pode cultivá-lo em casa, na sua varanda ou no seu terraço. O que muita gente reclama, no entanto, é que essa planta, infelizmente, seca muito rápido. Se você quiser corrigir isso, continue lendo. Hoje revelamos os conselhos dos viveiristas para garantir que seu alecrim permaneça perfeito por mais de 10 anos.

O conselho dos viveiristas para fazer o alecrim durar em vasos

Se você tentou de todas as formas fazer sua planta de alecrim durar muito tempo, mas sem sucesso, continue lendo. Hoje você vai descobrir como, através do cultivo em vaso e alguns métodos naturais, essa planta aromática pode sobreviver por até 10 anos.

O conselho que lhe damos abaixo é o de alguns viveiristas especialistas. Para que você possa confiar, os resultados são garantidos. A primeira coisa que você precisa saber é o seguinte: a planta do alecrim precisa de luz.

Uma vez que é uma espécie mediterrânea, você precisará colocá-lo em uma área ensolarada. Desta forma, ele crescerá saudável e forte. Perfeita é a posição no peitoril da janela ou na varanda.

Se é verdade que precisa de luz para se sentir bem, é igualmente verdade que a planta de alecrim não precisa de muita água. Não tem medo do calor ou da seca. O que ele não gosta é de umidade e muita rega. Antes de regar a planta, verifique se a terra do vaso está seca.

Como cuidar do alecrim em vaso

Caso contrário, você não deve regá-lo. Lembre-se que regar a planta de alecrim deve ser pouco e frequente. Se você regá-lo excessivamente, suas folhas verdes e perfumadas acabarão assumindo uma cor marrom, enquanto suas raízes apodrecerão. Além disso, lembre-se de que a água estagnada é perigosa – mata a planta. Certifique-se de que isso não aconteça.

Para garantir longa vida à sua planta de alecrim você também deve escolher o solo certo para usar em vasos. Saiba que o alecrim precisa de um solo arenoso, drenado e calcário. Nunca use solo argiloso.

Outra dica: proteja sempre sua planta do frio. Temperaturas muito baixas, tempo úmido e ventoso não são bons para o alecrim, especialmente se ele tiver menos de 3 anos de idade. No inverno, seria melhor mover a planta para dentro de casa ou abrigá-la de geadas adequadamente.

Preste atenção também no repotamento e poda! Se você acabou de comprar a planta ou se ela já cresceu, você deve prosseguir com o replantio que é realizado no outono ou na primavera. Prefira um vaso de terracota e preencha-o com terra drenada e calcária. Repot a cada 3 anos.

Quanto à poda, deve-se proceder ao corte dos galhos mais fracos após a floração. Finalmente, certifique-se de proteger sua planta de insetos. São principalmente os besouros foliares que são os mais perigosos. Use um inseticida natural à base de água e bicarbonato de sódio para eliminá-los. Com essas dicas de viveiristas experientes, seu alecrim vai viver por 10 anos e até mais!